Política

Líder do PT traça futuro do partido caso impeachment seja confirmado

O líder do PT na Câmara dos Deputados, Afonso Florence, elogiou o desempenho da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) no Senado, quando fez sua defesa durante sessão do processo de impeachment. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Jonas Pereira/ Agência Senado

Por Matheus Morais no dia 30 de Agosto de 2016 ⋅ 12:55

O líder do PT na Câmara dos Deputados, Afonso Florence, elogiou o desempenho da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) no Senado, quando fez sua defesa durante sessão do processo de impeachment. Em entrevista à Rádio Metrópole, na tarde desta terça-feira (30), o petista disse que Dilma sustentou o debate político. "Ela responde  no mérito com sucessivas demonstrações de documentos, ela sustentou o debate político. Alguns jornais batem no desemprenho dela, mas a Folha [de S. Paulo] de hoje reconheceu a qualidade dela, dizendo que ela saiu maior do que entrou", ressaltou 

Segundo Florence, o PT vem fazendo uma oposição com obstrução na Câmara. Na oportunidade, o petista também falou sobre o futuro do PT, caso Dilma Rousseff seja afastada. "Estamos organizando uma bateria de debates para redefinirmos nossa posição política e assim recolocarmos o PT para disputar, em 2018, a liderança do país. Isso em caso do afastamento da presidenta", ressaltou. 

Notícias relacionadas

[Lava Jato: 64ª fase mira André Esteves]
Política

Lava Jato: 64ª fase mira André Esteves

Por Alexandre Galvão no dia 23 de Agosto de 2019 ⋅ 08:32 em Política

Um dos alvos seria o banqueiro e dono do BTG, André Esteves. A casa e a sede do banco de Esteves são alvos de busca e apreensão