Política

Federação de policiais federais defende operação Carne Fraca

Nesta segunda-feira (20), a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) rebateu os representantes do governo e do agronegócio que criticaram as investigações no âmbito da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na última sexta (17). [Leia mais...]

[Federação de policiais federais defende operação Carne Fraca]
Foto : Reprodução

Por Yasmin Garrido no dia 20 de Março de 2017 ⋅ 18:22

Nesta segunda-feira (20), a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) rebateu os representantes do governo e do agronegócio que criticaram as investigações no âmbito da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na última sexta (17).

Em nota, o presidente da Fenapef, Luís Boudens, afirma que "na intenção de proteger setores do mercado e do governo, há uma orquestração para descredenciar as investigações de uma categoria que já provou merecer a confiança da sociedade."

O presidente disse ainda que "a operação Carne Fraca é de suma importância, uma vez que as empresas e servidores públicos envolvidos negligenciaram de forma grave a saúde dos consumidores" e "reforça o compromisso dos federais com combate à corrupção no Brasil e com os interesses da sociedade."

As declarações aconteceram para rebater os representantes da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) e da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que afirmaram que a comunicação dos resultados da operação pela PF foi feita de maneira equivocada, prejudicando o setor.

Notícias relacionadas