Política

Por medo da violência, prefeito de Igrapiúna é acusado de abandonar a cidade

A suposta mudança de residência do prefeito Leandro Ramos (PSB), de Igrapiúna, para outras cidades da Bahia, tem causado polêmica entre os eleitores do município, que fica a 320 km de Salvador. De acordo com uma denúncia de um morador que pediu anonimato, o gestor estaria morando fora por conta da violência na região. [Leia mais...]

[Por medo da violência, prefeito de Igrapiúna é acusado de abandonar a cidade]
Foto : Reprodução/YouTube/Livre Notícias

Por Laura Lorenzo no dia 23 de Março de 2017 ⋅ 07:48

A suposta mudança de residência do prefeito Leandro Ramos (PSB), de Igrapiúna, para outras cidades da Bahia, tem causado polêmica entre os eleitores do município, que fica a 320 km de Salvador. De acordo com uma denúncia de um morador que pediu anonimato, o gestor estaria morando fora por conta da violência na região.

Mas segundo o vereador Neu (PMDB), único oposicionista na Câmara, Ramos não fica em Igrapiúna, no entanto, por outros motivos: evitar o assédio dos moradores. "A gente considera que ele mora em Lauro de Freitas, em Salvador, porque tem apartamento lá, os filhos dele estudam fora. Ele fica três, quatro, cinco dias em Salvador e dois aqui no município", disse ao Metro1

O vereador afirma ainda que Ramos adquiriu um imóvel num condomínio fechado, fora da zona urbana da cidade. "Ele comprou uma residência em uma fazenda que tem um condomínio particular. Essa seria a mudança que ele pode fazer, para a fazenda, mas ainda é dentro do município. Mas hoje a avaliação que eu faço é que ele mora mais em Salvador", acrescentou.

"Ele fica a maior parte do tempo fora, e nesses dois dias em que fica aqui, quer mudar por conta da questão política. Ele já se reelegeu, então, para o povo não ficar incomodando, vai para essa fazenda, que é de difícil acesso", declarou.

Questionado pelo Metro1, o prefeito Leandro Ramos negou qualquer mudança de endereço, para dentro ou para fora de Igrapiúna. "Não mudei para fora do município, isso é uma inverdade. Continuo residindo na mesma casa. Minha residência é aqui, não mudou. Apenas dois filhos meus estão estudando em Lauro de Freitas para se prepararem para o Enem. E eu tive um problema de saúde durante duas semanas e me ausentei do município. Fiquei em Itabuna fazendo tratamento médico. Minha terra é aqui, amo minha cidade e não saio daqui por nada", afirmou.

Notícias relacionadas