Política

Sem quórum, sessão para votar 'PEC dos gastos' não acontece na AL-BA

Nesta terça-feira (22), estava prevista na pauta da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos gastos. No entanto, por falta de quórum, a matéria caiu e precisou ser adiada para a próxima semana. A votação acontece na próxima terça-feira (28). [Leia mais...]

[Sem quórum, sessão para votar 'PEC dos gastos' não acontece na AL-BA]
Foto : Reprodução

Por Yasmin Garrido e Matheus Morais no dia 22 de Março de 2017 ⋅ 19:44

Nesta terça-feira (22), estava prevista na pauta da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos gastos. No entanto, por falta de quórum, a matéria caiu e precisou ser adiada para a próxima semana.

A PEC 144/2015, que tem autoria do deputado Luciano Ribeiro (DEM), permite que os parlamentares estaduais possam apresentar projeto que gerem despesas para o Estado. No entanto, o governador deixou claro que iria convocar os aliados a votar contra a matéria, o que causou polêmica na Casa.

De acordo com os deputados presentes na sessão desta quarta, "é provável que a falta de quórum tenha sido uma estratégia da base governista". Ainda, de acordo com eles, alguns deputados preferem não se indispor com o governo, outros a consideram inconstitucional e um terceiro grupo se mostra preocupado com o orçamento do Estado.

O presidente da AL-BA, Angelo Coronel, disse ao Metro1 que a votação da PEC vai acontecer na próxima terça-feira (28). "A apreciação da proposta iria acontecer hoje [nesta quarta-feira], mas, como não tínahmos prazo regimental, deixamos para votar a PEC na próxima semana", declarou.

Notícias relacionadas