Política

Chapa Dilma-Temer pode ser julgada na semana que vem

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, relator do processo, liberou hoje (27) para julgamento a ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, que disputou as eleições presidenciais de 2014. Com a decisão, a ação poderá ser julgada a partir da semana que vem, mas caberá ao presidente do tribunal, Gilmar Mendes, marcar a data. [Leia mais...]

[Chapa Dilma-Temer pode ser julgada na semana que vem]
Foto : Lula Marques / AGPT

Por Laura Lorenzo no dia 27 de Março de 2017 ⋅ 18:26

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, relator do processo, liberou hoje (27) para julgamento a ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer, que disputou as eleições presidenciais de 2014. Com a decisão, a ação poderá ser julgada a partir da semana que vem, mas caberá ao presidente do tribunal, Gilmar Mendes, marcar a data. 

O relatório é mantido em sigilo, mas se sabe que Herman pediu a Mendes que inclua o processo imediatamente na pauta, em conformidade com o que prevê a Lei de Inelegibilidade (Lei Complementar 64/1990). O voto do relator só será conhecido no dia do julgamento.

De acordo com fontes da Agência Brasil, o relatório traz uma síntese sobre a fase de coleta de provas, entre as quais depoimentos de ex-executivos da empreiteira Odebrecht, que citaram em delação premiada supostos pagamentos irregulares para a campanha presidencial.

Notícias relacionadas