Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

STJ nega pedido de liminar para suspender processo contra mulher de Cabral

Maria Thereza de Assis Moura, ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de liminar que tentava suspender o processo contra Adriana Ancelmo, esposa do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, em decisão monocrática.[Leia mais...]

[STJ nega pedido de liminar para suspender processo contra mulher de Cabral]
Foto : Alexandre Brum / Agência O Dia

Por Jessica Galvão no dia 21 de Abril de 2017 ⋅ 15:31

Maria Thereza de Assis Moura, ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido de liminar que tentava suspender o processo contra Adriana Ancelmo, esposa do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, em decisão monocrática.

Segundo a Agência Brasil, a ex-primeira dama teria tentado, através de liminares, mudar a competência para julgar o caso. O pedido de liminar foi apresentado por meio de um recurso ordinário contrário à decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2).

Ainda segundo a publicação, na decisão, o TRF2 informou haver \'conexão entre os fatos imputados a Adriana Ancelmo no processo criminal decorrente da operação Calicute, e os processos originários de duas outras investigações em que, supostamente, também participavam integrantes da organização criminosa que atuava no esquema de corrupção no governo do Rio\'.

Notícias relacionadas