Política

Ex-diretor da Petrobras diz estar disposto a devolver 20 milhões de euros de propina

Ao ser ouvido pelo juiz Sérgio Moro, na última sexta-feira (5), em uma ação penal da Operação Lava Jato, que investiga se o ex-ministro Antônio Palocci recebeu propina para atuar a favor da Odebrecht, o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque afirmou que está disposto a devolver 20 milhões de euros, que recebeu como propina. [Leia mais...]

[Ex-diretor da Petrobras diz estar disposto a devolver 20 milhões de euros de propina]
Foto : Reprodução/G1

Por Jessica Galvão no dia 06 de Maio de 2017 ⋅ 19:29

Ao ser ouvido pelo juiz Sérgio Moro, na última sexta-feira (5), em uma ação penal da Operação Lava Jato, que investiga se o ex-ministro Antônio Palocci recebeu propina para atuar a favor da Odebrecht, o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque afirmou que está disposto a devolver 20 milhões de euros, que recebeu como propina. Segundo ele, o dinheiro está em duas contas no exterior.

\'Gostaria novamente de enfatizar meu interesse de assinar uma repatriação que for necessário para que esse dinheiro venha e volte aí pra quem de direito\', disse Duque, segundo o G1.

Ainda de acordo com a publicação, além deste 20 milhões de euros, Duque também disse que vai devolver outros valores que estão em uma terceira conta no exterior. Contudo, não mencionou a quantia. Segundo o ex-diretor, estas são as únicas contas que ele tem fora do Brasil.

Notícias relacionadas

[MP para empregar jovens adianta reforma trabalhista]
Política

MP para empregar jovens adianta reforma trabalhista

Por Juliana Almirante no dia 13 de Novembro de 2019 ⋅ 07:27 em Política

Entre as mudanças, estão trabalho aos domingos para todas as categorias, abertura de agências bancárias aos sábados e novas normas de fiscalização