Política

\"Será a mais longa semana da minha gestão\", afirma Janot antes de deixar Procuradoria

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, só tem mais quatro dias a frente do cargo, mas segundo O Globo, Janot confidenciou a um interlocutor que esses serão os dias mais difíceis. \"Será a mais longa semana da minha gestão\", disse, segundo a publicação [Leia mais...]

[\
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Bárbara Silveira no dia 12 de Setembro de 2017 ⋅ 08:48

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, só tem mais quatro dias a frente do cargo, mas segundo O Globo, Janot confidenciou a um interlocutor que esses serão os dias mais difíceis. \"Será a mais longa semana da minha gestão\", disse, segundo a publicação.

Antes de deixar o posto, Janot deve revisar ou rescindir o acordo de delação premiada com os executivos da J&F, analisar um possível pedido de renovação da prisão temporária de Joesley Batista e Ricardo Saud, além de apresentar uma nova denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB).

A previsão é que a denúncia contra o presidente seja apresentada até quinta-feira (14), e ainda não é possível saber se Janot fará uma ou duas acusações. Temer pode responder por obstrução à Justiça e por integrar uma organização criminosa.

Notícias relacionadas