Política

Cunha espera negociar delação com Raquel Dodge: "Tenho histórias quilométricas"

Preso há quase um ano, o ex-presidente da Câmara e ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) continua interessado em uma delação premiada. Depois de não conseguir negociar com o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, o peemedebista vê esperança em Raquel Dodge. [Leia mais...]

[Cunha espera negociar delação com Raquel Dodge:
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Gabriel Nascimento no dia 30 de Setembro de 2017 ⋅ 10:38

Preso há quase um ano, o ex-presidente da Câmara e ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) continua interessado em uma delação premiada. Depois de não conseguir negociar com o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, o peemedebista vê esperança em Raquel Dodge. "Estou pronto para revelar tudo o que sei, com provas, datas, fatos, testemunhas, indicações de meios para corroborar o que posso dizer", declarou em entrevista à Revista Época.

"Assinei um acordo de confidencialidade com a Procuradoria-Geral da República, de negociação de colaboração, que ainda está válido. Estou disposto a conversar com a nova procuradora-geral. Tenho histórias quilométricas para contar, desde que haja boa-fé na negociação", acrescentou.

Leia também:

Cunha diz ser odiado por Janot e critica Moro: "Se acha o salvador da pátria"

Notícias relacionadas