Política

Ministro critica leis que preveem a implantação da \"Escola sem Partido\"

O ministro da Educação, Mendonça Filho, criticou nesta terça-feira (3) a adoção do programa \"Escola sem Partido\" por meio de leis em âmbito municipal. Na última terça-feira (26), vereadores da Câmara Municipal de Jundiaí (SP) aprovaram um projeto de lei que institui a medida, além da proibição de discussão de gênero, nas escolas municipais de ensino da cidade.[Leia mais...]

[Ministro critica leis que preveem a implantação da \
Foto : Gustavo Lima/Agência Câmara

Por Matheus Simoni no dia 03 de Outubro de 2017 ⋅ 15:51

O ministro da Educação, Mendonça Filho, criticou nesta terça-feira (3) a adoção do programa \"Escola sem Partido\" por meio de leis em âmbito municipal. Na última terça-feira (26), vereadores da Câmara Municipal de Jundiaí (SP) aprovaram um projeto de lei que institui a medida, além da proibição de discussão de gênero, nas escolas municipais de ensino da cidade. O projeto aguarda sanção do prefeito.

Em Salvador, o vereador e líder do DEM, mesmo partido do ministro, Alexandre Aleluia, propôs um projeto de indicação que prevê a fixação de cartazes nas salas de aula e salas de professores para promover a medida.

\"Para mim, não será um caminho, um projeto de lei que resolve a questão de uma ideologização do tema educacional. O aluno tem o direito de acessar a informação, a mais ampla possível, fazer o seu julgamento e traçar os seus caminhos\", disse o ministro, durante participação no 4º Fórum Nacional de Educação e Inovação, promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide), na capital paulista.

Leia mais:

>>> \"Escola Sem Partido\": Marta Rodrigues diz que discussão do projeto está em nível nacional

>>> Historiador compara proposta ʹEscola sem Partidoʹ a ʹescola com mordaçaʹ

>>> Vereadora aciona MP contra projeto da \"Escola Sem Partido\" de Aleluia

Notícias relacionadas