Política

PSDB nega ter feito acordo com Temer e PMDB para salvar Aécio

Um dia depois do Senado ter decidido pelo retorno do senador Aécio Neves (PSDB-MG) ao seu mandato na Casa, a Executiva Nacional tucana negou que haja um acordo com o PMDB para barrar a denúncia contra o presidente Michel Temer que está tramitando na Câmara dos Deputados. [Leia mais...]

[PSDB nega ter feito acordo com Temer e PMDB para salvar Aécio]
Foto : Marcello Casal JR/ Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 18 de Outubro de 2017 ⋅ 18:14

Por meio de uma nota divulgada nesta quarta-feira (18), o PSDB negou ter feito um acordo com o presidente Michel Temer (PMDB) para derrubar o afastamento do senador Aécio Neves imposto pelo Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a executiva tucana, a posição da bancada deve-se \"exclusivamente à nossa convicção de que todo e qualquer cidadão tem direito a ampla defesa\".

O plenário do Senador derrubou, na última terça-feora (17), as medidas cautelares impostas pelo Primeira Turma do STF contra Aécio, e Temer teria tratado pessoalmente para que a medida fosse revogada. De acordo com a colunista do portal G1 Andréia Sadi, em troca dos votos do PMDB favoráveis a Aécio, o PSDB deve ajudar a barrar a segunda denúncia contra o presidente na Câmara dos Deputados.

\"Nossa decisão não implica de forma nenhuma em um juízo de valor sobre as atitudes do senador Aécio e muito menos pode ser entendida como parte de qualquer acordo relacionado à votação da denúncia contra o presidente da República na Câmara dos Deputados\", afirma a nota.

Notícias relacionadas