Política

Ex-funcionários depõem em inquérito sobre empresas ligadas a Cabral e ex-mulher

Três ex-funcionários de Sérgio Cabral prestaram depoimentos nesta quinta-feira (19) ao juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara da Justiça Federal no Rio de Janeiro, responsável por inquéritos da Operação Lava Jato no estado. [Leia mais...]

[Ex-funcionários depõem em inquérito sobre empresas ligadas a Cabral e ex-mulher]
Foto : Arquivo/ Agência Brasil

Por Luiza Leão no dia 19 de Outubro de 2017 ⋅ 15:18

Três ex-funcionários de Sérgio Cabral prestaram depoimentos nesta quinta-feira (19) ao juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara da Justiça Federal no Rio de Janeiro, responsável por inquéritos da Operação Lava Jato no estado. O trio falou o uso dos seus nomes como  “laranja” na propriedade de empresas.

As investigações apuram um suposto esquema de lavagem de dinheiro através de empresas de fachada para dar aparência de legalidade a dinheiro de propina. Os acusados são: o ex-governador Sérgio Cabral, o dono da FW Engenharia, Flávio Werneck; o contador da FW, Alberto Conde; a ex-mulher de Sérgio Cabral, Susana Neves; o irmão do ex-governador, Maurício Cabral; e Carlos Miranda, um dos envolvidos, que não ocupava cargo no governo. A denúncia é referente ao uso da empresa Survey Mar e Serviços Ltda, ligada a Flávio Werneck, para dar aparência lícita ao pagamento em propina.

Notícias relacionadas