Política

Moreira Franco rebate Funaro e diz que delator ʹvive da delinquência e da mentiraʹ

O chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, afirmou nesta terça-feira (31) que o delator e doleiro Lúcio Bolonha Funaro ʹvive da delinquência e da mentiraʹ. A fala do ministro ocorre após a acusação de Funaro, que confessou operar propinas para o PMDB em acordo de colaboração premiada, em depoimento na 10.ª Vara Federal de Brasília. [Leia mais...]

[Moreira Franco rebate Funaro e diz que delator ʹvive da delinquência e da mentiraʹ]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 31 de Outubro de 2017 ⋅ 18:05

O chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, afirmou nesta terça-feira (31) que o delator e doleiro Lúcio Bolonha Funaro ʹvive da delinquência e da mentiraʹ. A fala do ministro ocorre após a acusação de Funaro, que confessou operar propinas para o PMDB em acordo de colaboração premiada, em depoimento na 10.ª Vara Federal de Brasília. De acordo com o delator, Moireira Franco \"com certeza\" foi destinatário de parte dos recursos ilegais pagos pelo Grupo Bertin a peemedebistas.

\"Uma pessoa que vive da delinquência, necessariamente, vive da mentira\", disse o ministro, por meio de nota.

Funaro afirmou que o ministro deixou um cargo na Caixa Econômica Federal para ser \"tesoureiro da propina\" da campanha do presidente Michel Temer, em 2010. Naquele ano, Temer elegeu-se vice-presidente pela primeira vez na chapa da ex-presidente Dilma Rousseff. O delator e corretor também disse que o presidente recebeu na ocasião R$ 2 milhões. Segundo Funaro, o dinheiro era ilegal, mas foi pago por uma empresa de energia do Bertin como contribuição de campanha declarada à Justiça Eleitoral.

Notícias relacionadas

[Podemos decide expulsar Marco Feliciano]
Política

Podemos decide expulsar Marco Feliciano

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Dezembro de 2019 ⋅ 10:00 em Política

Em nota, deputado se disse orgulhoso de ter sido expulso da legenda por apoiar Bolsonaro