Política

Pezão diz que vai entrar com interpelação judicial contra ministro da Justiça

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), disse nesta quarta-feira (1º) que vai entrar com uma ʹinterpelação judicial contra o ministro da Justiça, Torquato Jardim. Ele afirmou que o objetivo da ação é para que o ministro \"informe o que ele tem contra a cúpula (da Policia) e os policiais\". [Leia mais...]

[Pezão diz que vai entrar com interpelação judicial contra ministro da Justiça]
Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 01 de Novembro de 2017 ⋅ 19:50

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), disse nesta quarta-feira (1º) que vai entrar com uma ʹinterpelação judicialʹ contra o ministro da Justiça, Torquato Jardim. Ele afirmou que o objetivo da ação é para que o ministro \"informe o que ele tem contra a cúpula (da Policia) e os policiais\".

\"[A interpelação] É para que o Estado possa tomar providências contra esses desvios como já estamos realizando em diversos casos\", disse o governador. Pezão afirmou ainda que o documento está sendo elaborado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE). A PGE, contudo, não conformou a informação.

A interpelação judicial é usada para casos, referências, alusões ou frases, em que se infere calúnia, difamação ou injúria. Aquele que se julgar ofendido pode pedir explicações em juízo. Quem se recusa a responder, ou não se justifica, pode responder por ofensa.

Na última terça-feira (31) Torquato acusou políticos e comandantes de batalhão policial de se associarem ao crime organizado no Rio. Ele afirmou ainda que o governador fluminense e o secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, não têm controle sobre a Polícia Militar.

Notícias relacionadas