Política

Defesa de Lula pede absolvição do pestista em ação sobre compra de silêncio de Cerveró

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolaram, na última segunda-feira (6), as alegações finais da defesa referentes à ação penal em curso na 10ª Vara Federal de Brasília, que trata da suposta compra do silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. [Leia mais...]

[Defesa de Lula pede absolvição do pestista em ação sobre compra de silêncio de Cerveró]
Foto : Filipe Araujo

Por Laura Lorenzo no dia 07 de Novembro de 2017 ⋅ 17:14

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolaram, na última segunda-feira (6), as alegações finais da defesa referentes à ação penal em curso na 10ª Vara Federal de Brasília, que trata da suposta compra do silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. O documento foi feito após a analise dos 31 depoimentos colhidos ao longo da instrução do processo, incluindo o do próprio Cerveró.

A investigação contra Lula foi aberta com base na delação do ex-senador Delcídio Amaral (ex-PT/MS) que relatou à Procuradoria-Geral da República que o petista teria se empenhado para comprar o silêncio de Cerveró, que, na ocasião – novembro de 2015 – estava fechando acordo de delação premiada.

No entendimento da defesa do ex-presidente, os depoimentos ‘demonstraram, de forma clara e absoluta, ser fantasiosa a versão apresentada por Delcídio do Amaral em seu acordo de colaboração premiada’. “Esses depoimentos comprovaram que Lula jamais praticou qualquer ato objetivando impedir ou modular a delação de Cerveró”, afirmam os criminalistas Cristiano Zanin Martins e José Roberto Batochio.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro quer iniciar 2020 com reforma ministerial]
Política

Bolsonaro quer iniciar 2020 com reforma ministerial

Por Juliana Rodrigues no dia 14 de Dezembro de 2019 ⋅ 14:28 em Política

Titulares das pastas da Educação, Casa Civil e Minas e Energia devem ser substituídos, segundo interlocutores do governo