Política

Moema cobra civilidade de Neto após acusá-lo de invasão em Lauro: "Na tora, não dá"

Durante entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta quinta-feira (16), a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), comentou a disputa com o prefeito ACM Neto (DEM) por bairros. O assunto foi destaque do Jornal da Metrópole na última semana. O caso mais recente de desentendimento foi na última quarta-feira (15), quando Moema acusou Neto de tentar invadir uma comunidade em Itinga para tentar destruir uma área. [Leia mais...]

[Moema cobra civilidade de Neto após acusá-lo de invasão em Lauro:
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 16 de Novembro de 2017 ⋅ 09:03

Durante entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta quinta-feira (16), a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), comentou a disputa com o prefeito ACM Neto (DEM) por bairros. O assunto foi destaque do Jornal da Metrópole na última semana. O caso mais recente de desentendimento foi na última quarta-feira (15), quando Moema acusou Neto de invadir uma comunidade em Itinga para tentar danificar uma obra.

A petista cobrou diálogo. "Essa questão do limite não pode se transformar naquela velha questão de disputa na base da truculência. Estamos em uma nova era. Tem uma lei que diz que quando não há consenso, quem decide é a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Eu já fui até lá várias vezes, tô caminhando de porta em porta, conversando com o povo. Nessas áreas de litígio, todo mundo se diz de Lauro de Freitas. Consulte o povo, faça uma pesquisa", afirmou.

"Eu já disse, quero diálogo. Já disse ao prefeito, em vez de ficar falando mal de mim, vamos para a Assembleia. Vamos lá, civilizadamente discutir. Quem botou asfalto? Quem botou escola desde 1972? Quem é que cuida da saúde, coleta de lixo, de tudo? Sempre foi Lauro de Freitas", acrescentou.

Moema ainda revelou certo ressentimento de Neto. "Eu fiz um ofício para ele convidando para comparecer na comissão da Assembleia e ele não respondeu. Não é assim que trata a colega. Na tora não dá. Neto está preocupado com título de eleitor", concluiu.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro ironizava uso de máscara: 'Coisa de viado']
Política

Bolsonaro ironizava uso de máscara: 'Coisa de viado'

Por Metro1 no dia 08 de Julho de 2020 ⋅ 09:02 em Política

O uso de máscara é recomendado para todas as pessoas, independente da orientação sexual, pois diminui a taxa de transmissão do vírus que causa a Covid-19