Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Relator, Félix quer barrar ʹestelionato eleitoralʹ e endurecer ʹfake newsʹ

Félix Mendonça ironiza que a única mudança com a proposta seria substituir o verbo. “A pessoa vai trocar o ‘vou fazer’ para o ‘vou tentar fazer’? Nós já temos muitos crimes hoje no Brasil”, diz. [Leia mais...]

[Relator, Félix quer barrar ʹestelionato eleitoralʹ e endurecer ʹfake newsʹ ]
Foto : Reprodução/ PT

Por Alexandre Galvão no dia 12 de Março de 2018 ⋅ 06:20

Relator na Câmara dos Deputados do projeto que tipifica o crime de "estelionato eleitoral", o deputado baiano Félix Mendonça Jr. (PDT) considera a proposta inconstitucional. Segundo o projeto, a irregularidade acontece quando o candidato faz promessas de investimentos inviáveis durante a campanha.

“Até acho um absurdo o político prometer construir escada rolante para subir a favela, mas o cara pode dizer: ‘Eu prometi, mas não consegui fazer. Isso seria estelionato?’”, justifica o parlamentar.

Félix Mendonça ironiza que a única mudança com a proposta seria substituir o verbo. “A pessoa vai trocar o ‘vou fazer’ para o ‘vou tentar fazer’? Nós já temos muitos crimes hoje no Brasil”, diz.

Em relação a notícias falsas divulgadas nas redes sociais, Mendonça prevê que o Congresso endureça as penas. “O cara que faz uma promessa, tem intenção de cumprir. Mas o que cria fake news só quer desmoralizar alguém.”

Notícias relacionadas

[Base de Bolsonaro age para minar CPI no Senado]
Política

Base de Bolsonaro age para minar CPI no Senado

Por Augusto Romeo no dia 13 de Abril de 2021 ⋅ 08:40 em Política

Aliados do governo preparam ofensiva, e ala do STF tenta maioria para que comissão só precise ser instalada após fim da pandemia