Sábado, 31 de julho de 2021

Política

Barrado em Curitiba, Rui diz que Lula é ʹpreso político de meia dúzia de pessoas da elite brasileiraʹ

Dos governadores que foram ao Paraná, quatro são do PT, dois do PSB, um do PCdoB, um do PDT e um do MDB. A maioria deles, sete, é do Nordeste e outros dois da região Norte. [Leia mais...]

Barrado em Curitiba, Rui diz que Lula é ʹpreso político de meia dúzia de pessoas da elite brasileiraʹ

Foto: Reprodução/Twitter

Por: Clara Rellstab no dia 10 de abril de 2018 às 16:50

Frustrados por terem sido barrados em visita ao ex-presidente Lula (PT), em Curitiba, governadores afirmam ter registrado ‘indignação’ na Polícia Federal.

 “Ninguém está acima da lei, mas reafirmo que nenhum brasileiro deve ser condenado sem provas por um procurador que inúmeras vezes manifestou sua posição político-partidária”, disse o governador da Bahia, Rui Costa (PT), um dos “barrados no baile”.

Antes de ir à sede da PF, os governadores almoçaram na casa do senador Roberto Requião (MDB).

Dos governadores que foram ao Paraná, quatro são do PT, dois do PSB, um do PCdoB, um do PDT e um do MDB. A maioria deles, sete, é do Nordeste e outros dois da região Norte.

Participaram da visita os governadores do Acre, Tião Viana (PT); do Amapá, Valdez Goes (PDT); Alagoas, Renan Filho (MDB); Bahia, Rui Costa (PT); Ceará, Camilo Santana (PT); Maranhão, Flávio Dino (PCdoB); Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB); Pernambuco, Paulo Câmara (PSB); e Piauí, Wellington Dias (PT).

Barrado em Curitiba, Rui diz que Lula é ʹpreso político de meia dúzia de pessoas da elite brasileiraʹ - Metro 1