Política

Empresário da Hypermarcas incluiu senador do PSDB em delação

De acordo com o delator, os recursos teriam sido obtidos por meio de contratos fictícios com três empresas.[Leia mais...]

[Empresário da Hypermarcas incluiu senador do PSDB em delação]
Foto : Waldemir Barreto/Agência Senado

Por Luiza Leão no dia 23 de Abril de 2018 ⋅ 19:30

Ex-diretor de Relações Institucionais Hypermarcas, atual Hypera Pharma, delator Nelson Mello, afirmou, durante acordo de colaboração premiada, que a campanha do atual senador Paulo Bauer (PSDB-SC) ao governo de Santa Catarina, em 2014, recebeu repasses da ordem de R$ 11,5 milhões.

De acordo com o delator, os recursos teriam sido obtidos por meio de contratos fictícios com três empresas.

A revelação originou um inquérito que tramita sob relatoria do ministro Edson Fachin, no Supremo Tribunal Federal.

A Polícia Federal investiga se Mello omitiu informações no acordo de delação para proteger o acionista João Alvez Queiroz Filho, o maior da empresa, e CEO da empresa, Cláudio Bergamo, de acordo com o Estadão.

Notícias relacionadas