Política

PHS ameaça romper: ‘Não devemos nada a Bruno nem a Neto’

Presidente do partido, Júnior Muniz não quis detalhar os motivos do descontentamento com o grupo do prefeito de Salvador, ACM Neto [Leia mais...]

[PHS ameaça romper: ‘Não devemos nada a Bruno nem a Neto’]
Foto : Divulgação/PHS

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 30 de Abril de 2018 ⋅ 16:00

Presidente do PHS na Bahia, Júnior Muniz disse, na tarde de hoje (30), que o partido pode romper com o grupo do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). O humanista afirmou que a agremiação está "cansada" de ser tratada como “subordinada” do chefe do Palácio Thomé de Souza.

“Deputados da base de Neto estão pressionando a gente para participar do chapão. Eu sou contra. Só saio sozinho ou na chapinha. A gente vai analisar, inclusive, a coligação com José Ronaldo [pré-candidato ao governo da Bahia pelo DEM]. Não devo nada a Neto nem a Bruno Reis. Só fiz ajudar até agora. É bom dizer que a gente tem boas relações com o grupo de Rui Costa”, afirmou o presidente, em entrevista ao Metro1.

Muniz defendeu que a sigla faça aliança com partidos nanicos da base, como PPS e PTC. O dirigente não quis detalhar os motivos do descontentamento com o grupo de Neto. “É uma série de coisas, mas uma das coisas é achar que a gente é subordinado”, cutucou.

Notícias relacionadas

[Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA]
Política

Eduardo Bolsonaro desiste da embaixada nos EUA

Por Juliana Almirante no dia 23 de Outubro de 2019 ⋅ 07:40 em Política

No entanto, o terceiro filho do presidente negou que a conquista da liderança do PSL na Câmara Federal tenha sido o fator determinante para a decisão