Política

Câmara decide não votar projeto que autoriza uso de armas por agentes da Transalvador

A expectativa era que a proposta de autoria do presidente da Casa, Leo Prates (DEM), fosse votada amanhã (9)

[Câmara decide não votar projeto que autoriza uso de armas por agentes da Transalvador]
Foto : Divulgação

Por Rodrigo Daniel Silva/Matheus Simoni no dia 08 de Maio de 2018 ⋅ 17:12

O Colégio de Líderes da Câmara de Salvador decidiu, na tarde de hoje (8), não colocar em votação o projeto que autoriza o uso de armas não letais por agentes da Transalvador, segundo apurou o Metro1.

A expectativa era que a proposta de autoria do presidente da Casa, Leo Prates (DEM), fosse votada amanhã (9). 

A Associação dos Servidores em Transporte e Trânsito do Município (Astram) pediu que a matéria fosse votada após 15 agentes de trânsito serem agredidos em Salvador neste ano. Em 2017, foram contabilizadas 40 agressões.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo