Política

Senadores da base cobram saída do presidente da Petrobras

Segundo o Estadão, o motivo é a da política de reajustes do preço dos combustíveis, que levou a uma greve de caminhoneiros com bloqueio de estradas em todo o País e desabastecimento nas cidades

[ Senadores da base cobram saída do presidente da Petrobras]
Foto : Antonio Cruz/ Agência Brasil

Por Metro1 no dia 24 de Maio de 2018 ⋅ 19:00

Senadores do PP e do MDB, partidos da base aliada do presidente Michel Temer (MDB), cobraram no plenário a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente.

Segundo o Estadão, o motivo é a política de reajustes do preço dos combustíveis, que levou a uma greve de caminhoneiros com bloqueio de estradas em todo o país e desabastecimento nas cidades.

A publicação afirma que o vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB), pediu que Temer demita Parente imediatamente.

O tucano criticou o que chamou de "arrogância" de Parente por não aceitar rediscutir a política de preços dos combustíveis. Cunha Lima declarou que "um governo minimamente sólido" já o teria demitido.

Notícias relacionadas

[Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro]
Política

Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 18:00 em Política

Em entrevista à equipe de televisão, no Guarujá, onde passa o carnaval, Bolsonaro afirmou que o texto será entregue após o carnaval