Política

Rosa Weber ressalta que não há fraude comprovada das urnas eletrônicas

O Brasil utiliza o sistema eletrônico desde 1996

[Rosa Weber ressalta que não há fraude comprovada das urnas eletrônicas]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Marina Hortélio no dia 18 de Setembro de 2018 ⋅ 19:13

A ministra Rosa Weber, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), disse na tarde de hoje (18) que as urnas eletrônicas são “absolutamente confiáveis”. Ela ainda ressaltou que desde a implantação do sistema, em 1996, não foi comprovado nenhum caso de fraude.

No último domingo (16), o presidenciável do PSL Jair Bolsonaro afirmou, em transmissão ao vivo, que as eleições de outubro podem resultar em uma “fraude” pela ausência do voto impresso.

Rosa Weber acredita que é importante frisar que os equipamentos são auditáveis. Nas eleições de 2014, o PSDB pediu uma auditoria das urnas, após o senador Aécio Neves (PSDB-MG) ter sido derrotado por uma pequena margem de votos para a então candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff.

Notícias relacionadas