Política

MP vai apurar se decretos assinados por Alckmin beneficiaram familiares

Sobrinho do tucano teria recebido ao menos R$ 3,8 milhões com ação do tucano

[MP vai apurar se decretos assinados por Alckmin beneficiaram familiares]
Foto : Ciete Silvério

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 24 de Setembro de 2018 ⋅ 18:00

O Ministério Público de São Paulo instaurou inquérito para apurar se o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) assinou dois decretos, que levaram a desapropriações de terrenos, para beneficiar familiares. 

Denúncia feita pela Folha apontou que o candidato realizou duas desapropriações em 2013 e 2014 que atingiram propriedades de Othon Cesar Ribeiro, sobrinho do ex-governador de São Paulo. Eles teriam recebido ao menos R$ 3,8 milhões

O promotor Marcelo Milani deu um prazo de 20 dias para que Alckmin e o sobrinho se manifestem sobre as acusações. ​

Notícias relacionadas