Política

Justiça Eleitoral diz que vídeo de urna que 'auto completa' voto é fake

A notícia foi divulgada pelo filho do candidato Jair Bolsonaro (PSL), Flávio Bolsonaro; de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, a publicação é falsa

[Justiça Eleitoral diz que vídeo de urna que 'auto completa' voto é fake]
Foto : Reprodução/Youtube

Por Bárbara Silveira no dia 07 de Outubro de 2018 ⋅ 18:00

Desde as primeiras horas de votação de hoje (7), um vídeo que circula na internet mostra uma urna eletrônica que sugere o voto no candidato Fernando Haddad (PT) ao apertar o número 1. A notícia foi divulgada pelo filho do candidato Jair Bolsonaro (PSL), Flávio Bolsonaro. Mas, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, a publicação é falsa.

Em nota, o TRE observou que as imagens não mostram o teclado da suposta urna. “Não existe a possibilidade de a urna auto completar o voto do eleitor, e isso pode ser comprovado pela auditoria de votação paralela”, diz a publicação.

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ministra Rosa Weber também negou que a urna eletrônica seja passível de erro. "Eu reafirmo total confiança nas nossas urnas eletrônicas. Sempre onde está o homem há possibilidade de fraude. O nosso sistema é confiável, a nossa equipe técnica preparou as urnas eletrônicas e as aperfeiçoou o seu sistema ao longo desses 22 anos e hoje temos um sistema ágil, seguro e que inspira a maior confiança. O que é realmente importante é que ele é um sistema auditável, que permite a verificação de um eventual fraude, que até hoje, nunca tivemos um caso comprovado”, afirmou.

Notícias relacionadas