Política

PHS cogita deixar base de ACM Neto e migrar para grupo de Rui

"Não tivemos nenhum aceno de José Ronaldo e ainda fomos perseguidos na campanha toda", disse Júnior Muniz

[PHS cogita deixar base de ACM Neto e migrar para grupo de Rui]
Foto : Alexandre Galvão/Metropress

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 10 de Outubro de 2018 ⋅ 08:20

O deputado estadual eleito e presidente do PHS na Bahia, Júnior Muniz, disse que o seu partido pode deixar a base do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e migrar para o grupo do governador reeleito Rui Costa (PT).

O humanista afirmou que, caso não vá para o grupo petista, o PHS pode integrar o bloco independente. "Não tivemos nenhum aceno de José Ronaldo e ainda fomos perseguidos na campanha toda. Não tive apoio nenhum. Estou tranquilo com meu mandato e sei que não devo nada a niguém. Estamos conversando com ambos os lados e temos ainda um bloco independente", afirmou Muniz, em entrevista ao Metro1.

Perguntado se os vereadores do PHS e o deputado federal eleitor Igor Kannário também iriam para o grupo de Rui Costa, Muniz disse que vai conversar com os integrantes da sigla. "O momento é de diálago. Vamos sentar, conversar e dialogar", ressaltou.

Notícias relacionadas