Política

PDT anuncia 'apoio crítico' a Haddad no segundo turno

De acordo com nota do partido, o apoio tem como objetivo evitar a vitória das "forças mais reacionárias e atrasadas do Brasil e a derrocada da democracia"

[PDT anuncia 'apoio crítico' a Haddad no segundo turno]
Foto : Renato Araujo/ABr

Por Marina Hortélio no dia 10 de Outubro de 2018 ⋅ 18:20

O PDT, partido de Ciro Gomes, que ficou em terceiro lugar na corrida presidencial, anunciou hoje (10) que vai dar "apoio crítico' a Fernando Haddad (PT) no segundo turno da eleição. O petista tem como oponente Jair Bolsonaro, do PSL.

A decisão da sigla foi anunciada em uma nota, divulgada após reunião da Executiva Nacional. De acordo com a nota do partido, o apoio tem como objetivo evitar a vitória das "forças mais reacionárias e atrasadas do Brasil e a derrocada da democracia".

Na última segunda-feira (8), o presidente do PDT, Carlos Lupi, já havia afirmado que o partido "jamais" apoiaria Bolsonaro e discutia dar "apoio crítico" a Haddad.

Hoje (10), Lupi informou que Ciro Gomes não vai subir em palanque com Haddad, e que esta é uma "decisão institucional".

O presidente do partido disse ainda que o PDT decide se lança a candidatura de Ciro em 2022. O ex-governador do Ceará, porém, já afirmou que a eleição de 2018 seria a última.

Notícias relacionadas