Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Ministros reconhecem que comissão do TSE contra fake news falhou

Os magistrados acreditam que não há tempo para uma providência efetiva contra as mentiras, já que o tribunal está “no meio do vendaval”, segundo um dos ministros

[Ministros reconhecem que comissão do TSE contra fake news falhou]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag. Brasil

Por Matheus Simoni no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 08:20

Boa parte dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) avalia que a comissão criada pelo ex-presidente da Corte, Luiz Fux, para combater as fake news, falhou na missão de coibir as notícias falsas divulgadas na eleição. Outras medidas até agora também têm se mostrado inócuas. A informação foi divulgada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a publicação, os magistrados acreditam que não há tempo para uma providência efetiva contra as mentiras, já que o tribunal está “no meio do vendaval”, segundo um dos ministros. No início da semana, a presidente do TSE, Rosa Weber, fez um apelo a Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) e convocou as campanhas para uma reunião contra as fake news. O encontro está marcado para hoje (16), previsto para as 18h, em Brasília.

Para os ministros do TSE, as notícias falsas podem abalar a credibilidade do pleito. Haddad chegou a propor um acordo com o adversário para evitar as fake news, mas Bolsonaro recusou, via mídias sociais.
 

Notícias relacionadas