Política

Ministros reconhecem que comissão do TSE contra fake news falhou

Os magistrados acreditam que não há tempo para uma providência efetiva contra as mentiras, já que o tribunal está “no meio do vendaval”, segundo um dos ministros

[Ministros reconhecem que comissão do TSE contra fake news falhou]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/Ag. Brasil

Por Matheus Simoni no dia 16 de Outubro de 2018 ⋅ 08:20

Boa parte dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) avalia que a comissão criada pelo ex-presidente da Corte, Luiz Fux, para combater as fake news, falhou na missão de coibir as notícias falsas divulgadas na eleição. Outras medidas até agora também têm se mostrado inócuas. A informação foi divulgada pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a publicação, os magistrados acreditam que não há tempo para uma providência efetiva contra as mentiras, já que o tribunal está “no meio do vendaval”, segundo um dos ministros. No início da semana, a presidente do TSE, Rosa Weber, fez um apelo a Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) e convocou as campanhas para uma reunião contra as fake news. O encontro está marcado para hoje (16), previsto para as 18h, em Brasília.

Para os ministros do TSE, as notícias falsas podem abalar a credibilidade do pleito. Haddad chegou a propor um acordo com o adversário para evitar as fake news, mas Bolsonaro recusou, via mídias sociais.
 

Notícias relacionadas