Política

PSL baiano não presta contas à Justiça e tem registro suspenso 

​​​​​​​A responsável pelo partido é Dayane Pimentel, deputada federal eleita pelo partido

[PSL baiano não presta contas à Justiça e tem registro suspenso ]
Foto : Reprodução / Youtube

Por Alexandre Galvão no dia 18 de Outubro de 2018 ⋅ 10:00

Sem prestar contas à Justiça Eleitoral, referente ao exercício financeiro de 2017, o PSL da Bahia teve hoje (18) o registro suspenso. 

De acordo com decisão do desembargador  Jatahy Júnior, que também atua no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), a legenda também não irá receber mais recursos do Fundo Partidário. Para voltar à "legalidade", o partido precisa responder aos questionamentos do Judiciário. 

A responsável pelo partido é Dayane Pimentel, deputada federal eleita este ano. Além dela, a ação cita o deputado federal eleito Marcelo Nilo (PSB). 

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar