Política

Haddad chama Bolsonaro de ‘soldadinho de araque’ e o acusa de montar organização criminosa contra o PT

O candidato participou de ato político hoje, em Fortaleza

[Haddad chama Bolsonaro de ‘soldadinho de araque’ e o acusa de montar organização criminosa contra o PT]
Foto : Rovena Rosa / Agência Brasil

Por Lara Ferreira no dia 20 de Outubro de 2018 ⋅ 17:00

Em campanha pelo nordeste, o candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) escolheu Fortaleza, no Ceará, como primeiro destino. Em ato político na manhã de hoje (20), o petista  chamou o adversário Jair Bolsonaro (PSL) de “soldadinho de araque” e acusou ele de montar uma organização criminosa para aplicar “dinheiro sujo” nas redes sociais contra o Partido dos Trabalhadores.

Haddad reclamou, ainda, de ausência de Bolsonaro nos debates presidenciais. “Ele não me enfrenta porque não tem coragem de falar na minha cara o que o WhatsApp dele falou durante uma campanha inteira. Vem falar da minha família na minha cara, vem falar dos meus bens na minha cara. Vem me enfrentar, soldadinho, soldadinho de araque”, disse.

O candidato petista também criticou a eventual equipe do adversário. "O possível ministro da Casa Civil dele, que é tão desqualificado quanto ele, diz que ele foge de debate porque fede. Ele não mentiu porque há muito tempo isso acontece. Faz 28 anos que ele está no Congresso Nacional e só vomita barbaridades."

Notícias relacionadas