Política

PF abre quatro inquéritos para investigar ameaças a Rosa Weber

De acordo com a PF, a investigação mais recente foi instaurada ontem (23) e tem como alvo o coronel da reserva do Exército Carlos Alves

[PF abre quatro inquéritos para investigar ameaças a Rosa Weber]
Foto : Dorivan Marinho/SCO/STF

Por Matheus Simoni no dia 24 de Outubro de 2018 ⋅ 14:20

A Polícia Federal já abriu quatro inquéritos para investigar ameaças feitas à presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber. De acordo com a PF, a investigação mais recente foi instaurada ontem (23) e tem como alvo o coronel da reserva do Exército Carlos Alves.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o militar fala que a ministra "não se atreva" a dar seguimento à ação eleitoral contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) ou "nós vamos derrubar vocês aí". A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu que a PF investigue se houve o cometimento do crime de ameaça, além de calúnia, difamação e injúria. O coronel ainda chama a ministra de "salafrária" e "corrupta". 
 

Notícias relacionadas

[Evo Morales aceita asilo oferecido pelo México]
Política

Evo Morales aceita asilo oferecido pelo México

Por Metro1 no dia 11 de Novembro de 2019 ⋅ 19:29 em Política

O chanceler mexicano Marcelo Ebrard informou que o asilo foi concedido porque "sua vida e integridade correm riscos"