Política

Janot critica 'intolerância' e declara voto em Haddad

Ex-procurador geral da República diz que não pode "deixar passar barato discurso de intolerância"

[Janot critica 'intolerância' e declara voto em Haddad]
Foto : Divulgação

Por Leonardo Sousa no dia 27 de Outubro de 2018 ⋅ 21:41

O ex-procurador geral da República Rodrigo Janot declarou, hoje (27), voto em Fernando Haddad, candidato do PT à presidência. Em publicação em rede social, Janot afirma que decidiu voto "por exclusão" e criticou "discurso de intolerância".

"Já fui chamado de petista e antipetista. Já fui psdebista e anti também. Houve muita especulação sobre meu interesse eleitoreiro na minha atuação profissional. Nada se comprovou. Agora, não posso deixar passar barato discurso de intolerância e etc. Por exclusão, voto em Haddad", escreveu o ex-procurador.

Mais cedo, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, relator do mensalão, Joaquim Barbosa anunciou apoio ao petista.

Notícias relacionadas

[PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido]
Política

PSL pede entendimento de Bolsonaro com o partido

Por Metro1 no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 18:44 em Política

Sigla destaca que é a única com 98% de votações favoráveis ao governo federal e que não compactua com eventuais desgastes

[PF montou em um dia operação contra Bivar]
Política

PF montou em um dia operação contra Bivar

Por Alexandre Galvão no dia 15 de Outubro de 2019 ⋅ 11:00 em Política

Além da casa de Bivar no Recife e da sede do partido, estão entre os alvos endereços de três ex-candidatas do PSL