Política

Presidente de seção eleitoral é presa por fotografar urna em Petrolina, PE

A mesária alegou que registro foi feito para comprovar defeito na tecla sete

[Presidente de seção eleitoral é presa por fotografar urna em Petrolina, PE]
Foto : Nelson Jr. / Ascom / TSE

Por Lara Ferreira no dia 28 de Outubro de 2018 ⋅ 19:00

A presidente de uma seção eleitoral da Escola Santa Terezinha, na cidade de Petrolina, em Pernambuco, foi presa no início da tarde deste domingo (28) após fotografar a urna de outra seção eleitoral com o celular. 
 
A mesária foi levada para delegacia, onde foi lavrado um termo de Circunstaciado de Ocorrência. A mulher já foi liberada. 
 
De acordo com o G1, ela alegou na delegacia que tirou a foto para comprovar que a urna estava com problema na tecla sete. 
 
De acordo com o chefe do Cartório Eleitoral de Petrolina, Edvanilson de Araújo Lima, a mesária, que é presidente da seção 383, foi até a seção 377 checar a informação de que uma pessoa não identificada teria colocado cola para travar uma tecla da urna. A urna danificada foi substituída. O caso será investigado pela Polícia Federal.

Notícias relacionadas