Domingo, 01 de agosto de 2021

Política

Diplomação de Bolsonaro deve ser antecipada por causa de cirurgia

Sugestão foi enviada pelo TSE ao ministro extraordinário Onyx Lorenzoni

Diplomação de Bolsonaro deve ser antecipada por causa de cirurgia

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Por: Juliana Rodrigues no dia 07 de novembro de 2018 às 10:40

A presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sugeriu hoje (7) ao ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, da equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro (PSL), que a diplomação do presidente eleito seja antecipada, devido a uma cirurgia à qual ele deverá se submeter.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a sugestão do TSE é que Bolsonaro e seu partido antecipem em cinco dias as prestações de contas da campanha. O prazo final para o procedimento é 17 de novembro.

Desta forma, seria possível cumprir os prazos previstos no calendário eleitoral e fazer a solenidade de diplomação em 11 de dezembro, na véspera da data prevista para a cirurgia. A data limite para a diplomação é 19 de dezembro.

Lorenzoni disse que vai conversar com Bolsonaro sobre o assunto e deverá dar uma resposta ao TSE ainda hoje sobre a possibilidade de antecipação.

Diplomação de Bolsonaro deve ser antecipada por causa de cirurgia - Metro 1