Política

Carlos Bolsonaro e primo recuam após pedido de passaporte diplomático

O benefício é dado a pessoas que representam o “interesse do país” em missão no exterior, garantindo privilégios, como atendimento preferencial nos postos de imigração e isenção de visto em alguns países

[Carlos Bolsonaro e primo recuam após pedido de passaporte diplomático]
Foto : Reprodução/Instagram

Por Matheus Simoni no dia 04 de Abril de 2019 ⋅ 09:20

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) e o primo Leonardo Rodrigues, conhecido como Léo Índio, enviaram nesta semana um pedido ao Ministério da Relações Exteriores para a aquisição de passaporte diplomático. Eles preencheram o requerimento eletrônico de emissão de passaporte diplomático, mas não enviaram a documentação para Divisão de Documentos de Viagem da pasta.

O benefício é dado a pessoas que representam o “interesse do país” em missão no exterior, garantindo privilégios, como atendimento preferencial nos postos de imigração e isenção de visto em alguns países. Segundo o ministério, o formulário deveria ter sido impresso e entregue com foto, cópias da identidade, do título de eleitor e certidão de quitação eleitoral, além de ofício do órgão requerente. No entanto, após a solicitação ganhar destaque na imprensa, a dupla desistiu do benefício. 

Notícias relacionadas