Política

Novo ministro da Educação é fã das teorias de Olavo de Carvalho

Abraham Weintraub também disse que “é preciso vencer o marxismo cultural nas universidades e trabalhar para que o país pare de fazer bobagem”

[Novo ministro da Educação é fã das teorias de Olavo de Carvalho]
Foto : Reprodução/YouTube

Por Matheus Simoni no dia 08 de Abril de 2019 ⋅ 12:21

Escolhido como novo ministro da Educação, Abraham Weintraub já fez vários elogios autoproclamado filósofo Olavo de Carvalho. Segundo informações da Revista Veja, durante a Cúpula Conservadora das Américas, em dezembro, ele disse que era preciso adaptar as teorias de Olavo para "derrotar a esquerda". Na ocasião, Abraham também disse que “é preciso vencer o marxismo cultural nas universidades e trabalhar para que o país pare de fazer bobagem”.

Weintraub é formado em ciências econômicas pela Universidade de São Paulo (1994) e é mestre em administração na área de finanças pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ele é professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e atuou no mercado financeiro por mais de 20 anos.

Ele ocupou o cargo de secretário-executivo da Casa Civil, cargo considerado o "número 2" da pasta de Onyx Lorenzoni, além de ter destaque na transição do governo Temer para a gestão de Bolsonaro. Na iniciativa privada, Weintraub  trabalhou no Banco Votorantim por 18 anos, onde foi economista-chefe e diretor, e foi sócio na Quest Investimentos. A indicação do novo ministro foi feita pelo próprio Lorenzoni, que conheceu o ministro e o irmão, Arthur Weintraub, em um seminário internacional sobre Previdência realizado, em 2017, no Congresso Nacional. 
 

Notícias relacionadas