Política

Após publicar e apagar vídeo em rede social, Bolsonaro diz que declarações de Olavo 'não contribuem'

Em imagens, ideólogo havia declarado, entre outras coisas, que no governo só há "intriga, sacanagem, egoísmo e vaidade"

[Após publicar e apagar vídeo em rede social, Bolsonaro diz que declarações de Olavo 'não contribuem']
Foto : Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 23 de Abril de 2019 ⋅ 08:20

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, apresentou à imprensa ontem (22) uma nota do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na qual ele afirma que as recentes declarações do ideólogo Olavo de Carvalho "não contribuem" para o governo.

No fim de semana, a página de Bolsonaro no Youtube havia publicado um vídeo no qual o ideólogo diz, entre outras coisas, que no governo só há "intriga, sacanagem, egoísmo e vaidade".

Olavo de Carvalho tambpem crítica militares, integrantes do governo e políticos que se aliaram ao presidente. Depois disso, o vídeo foi apagado.

"O professor Olavo de Carvalho teve um papel considerável na exposição das ideias conservadoras que se contrapuseram à mensagem anacrônica cultuada pela esquerda e que tanto mal fez ao nosso país. Entretanto, suas recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento dos objetivos propostos em nosso projeto de governo", diz Bolsonaro, em nota.

Já o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que Olavo de Carvalho deve se limitar à função de "astrólogo".

Em resposta, o ideólogo publicou a seguinte mensagem em uma rede social: "O Mourão deveria se limitar à única função que desempenha bem, de modelo".

Notícias relacionadas