Política

Fake news podem colocar processo democrático em risco, diz Toffoli

Presidente do STF também aponta que desinformação alavanca discursos de ódio

[Fake news podem colocar processo democrático em risco, diz Toffoli]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 25 de Maio de 2019 ⋅ 18:20

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, disse ontem (24) que o fenômeno das fake news dificulta o avanço democrático. “Esse processo [de desinformação] pode colocar em risco os processos e os valores democráticos”, disse. A declaração foi dada no seminário Fake News: Desafios para o Judiciário, organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil.

Toffoli também relaciona as fake news ao crescimento dos discursos de ódio. “São discursos que estimulam a divisão social a partir da dicotomia entre nós e eles e que remetem ao fantasma das ideologias fascistas, conforme explica Jason Stanley em obra extraordinária recente ‘Como Funciona o Fascismo’”.

Ele divulgou dados do Ideia Big Date que revelam que mais de dois terços das pessoas receberam fake news pelo Whatsapp durante as eleições do ano passado, e que este cenário dificulta o debate democrático, já que o cidadão forma opiniões com base em inverdades e a polarização extrema criada dificulta o diálogo.

Notícias relacionadas