Política

Com risco de perder MP, Bolsonaro quer manter Coaf com Guedes

Governo quer manutenção da Medida Provisória 870 da maneira como foi aprovada na Câmara

[Com risco de perder MP, Bolsonaro quer manter Coaf com Guedes]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 28 de Maio de 2019 ⋅ 07:00

O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, declarou ontem (27) à imprensa que a posição de Jair Bolsonaro é defender que o Senado aprove a Medida Provisória 870, que viabiliza a reforma administrativa, da maneira como o texto passou pela Câmara dos Deputados.

Assim, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sairia das mãos de Sérgio Moro (Ministério da Justiça) para Paulo Guedes (Economia).

"O presidente da República já se manifestou favoravelmente a que o Senado Federal mantenha a Medida Provisória 870 da forma como foi aprovada na Câmara. O governo considera que, em grande parte, o texto original foi acatado naquele relatório e agora aguarda o prosseguimento das atividades regimentais daquelas Casas para a conclusão daquela MP", afirmou Barros.

O entendimento do governo se deve à necessidade de agilizar a estruturação dos ministérios, já que a MP perde o prazo no dia 3 de junho.

Notícias relacionadas

[Bolsonaro nomeia novo chefe da EBC]
Política

Bolsonaro nomeia novo chefe da EBC

Por Lara Curcino no dia 30 de Setembro de 2020 ⋅ 12:40 em Política

Ex-diretor da SBT, publicitário Glen Lopes assume o posto ocupado por general Luiz Carlos Pereira Gomes