Política

Ex-assessor de Flávio Bolsonaro é acusado de lesão corporal

Sargento teria cometido crime ao cobrar dívida de R$ 50 mil

[Ex-assessor de Flávio Bolsonaro é acusado de lesão corporal]
Foto : Reprodução

Por Lis Grassi no dia 01 de Junho de 2019 ⋅ 10:00

O sargento Marcos de Freitas Domingos, 46 anos, que atuava como assessor parlamentar de Flávio Bolsonaro (PSL), então deputado, é acusado de lesão corporal ao cobrar uma suposta dívida de R$ 50 mil de um empresário do Rio de Janeiro. Ele também é suspeito de outras duas ocorrências: desvio de energia elétrica e delito ambiental.

O PM é um dos 70 assessores e ex-assessores do gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que tiveram seus sigilos quebrados por ordem da Justiça do Rio. Ele foi desligado do gabinete do atual senador em 15 de outubro passado, mesmo dia da exoneração de Fabrício Queiroz, pivô dessa investigação da Promotoria e amigo do presidente.

Notícias relacionadas