Política

Não adianta ter relatório sem votos, diz presidente de Comissão da Previdência

Marcelo Ramos não quis confirmar a data de apresentação do relatório

[Não adianta ter relatório sem votos, diz presidente de Comissão da Previdência]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 06 de Junho de 2019 ⋅ 16:40

Em balanço da tramitação da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara, o deputado Marcelo Ramos (PL) disse hoje (6) que a data da votação depende do ambiente político, e não quis adiantar pontos do texto.

“Não adianta ter o relatório pronto na comissão sem ter a perspectiva de alcançar os 308 votos no plenário. Então o tempo de agora depende do tempo da política. O nosso esforço é permanente, mas ele tem suas limitações, que são inerentes às funções administrativas", declarou Ramos.

"Eu sempre disse que é minha função preparar a matéria para votar. Não é minha função conseguir os votos necessários para aprovação da matéria. Essa função é da liderança do governo, da articulação do governo e dos líderes partidários”, ressaltou.

Notícias relacionadas