Política

Prates deve assumir secretaria de Saúde; Galvão deixou postos na SMS recentemente 

Aliado de primeira hora do prefeito ACM Neto (DEM), Prates é cotado para disputar o Palácio Thomé de Souza

[Prates deve assumir secretaria de Saúde; Galvão deixou postos na SMS recentemente ]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Alexandre Galvão no dia 12 de Junho de 2019 ⋅ 08:01

Secretário de Promoção Social e Combate à Pobreza, Léo Prates deve assumir a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Aliado de primeira hora do prefeito ACM Neto (DEM), Prates é cotado para disputar o Palácio Thomé de Souza.

A pasta foi alvo recentemente de uma investigação da Polícia Federal. A operação Kepler, deflagrada em março deste ano, desarticulou esquema criminoso que fraudava licitações na Saúde municipal. Segundo a PF, as licitações eram direcionadas a beneficiar um Instituto contratado, o qual terceirizava, através de contratos superpostos e genéricos, parcelas do serviço a empresas recém constituídas e vinculadas ao próprio Instituto, tudo como mecanismo de retornar os valores das subcontratações em benefício de seus representantes e para suposto pagamento de propina a servidores vinculados à SMS/PMS. 

Ainda à frente da SMS, Luiz Galvão foi sacado nos últimos dias da Coordenação Executiva do Conselho Municipal da capital. De acordo com informações a assessoria da secretaria, o grupo teria ficado sem paridade, devido ao pedido afastamento de uma entidade. “Por causa disso, o secretário pediu afastamento, por entender que a coordenação executiva perdeu sua legitimidade. Com isso, deverá ser realizada uma nova eleição da Coordenação Executiva”.

Notícias relacionadas