Política

Votação da reforma em comissão especial deve ocorrer após S. João, diz Lídice

Deputada também falou sobre o desejo de se colocar como pré-candidata à prefeitura de Salvador, mas considera que a discussão ainda é precoce.

[Votação da reforma em comissão especial deve ocorrer após S. João, diz Lídice]
Foto : Matheus Simoni/ Metropress

Por Juliana Almirante no dia 14 de Junho de 2019 ⋅ 09:52

Membro da comissão especial da reforma da Previdência, a deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) acredita que a votação da matéria no colegiado deve ocorrer na semana após os festejos juninos.

A Proposta de Emenda à Constituição é alvo de protestos em todo o país hoje (14), inclusive em Salvador. 

"Essas greves e paralisações de um dia só de protesto têm um lado de dificuldade e confusão na vida do cidadão, mas acima de tudo, elas expõem a luta de trabalhadores brasileiros, que, nos últimos anos, vem sofrido muito. Primeiro com a reforma trabalhista que precarizou o trabaho e agora com a da Previdência, um projeto perverso ao trabalhador", avaliou, em entrevista à Rádio Metrópole.

Ela afirma que ontem (14) foi feito um acordo entre a oposição e o presidente da comissão para diminuir o número de sessões de 30 para 17.

"O debate é imenso. A negociação foi para que a gente cedesse e tivesse um debate qualificado nesse sentido. Na semana depois do São Joao, vai começar a entrar em pauta a discussão da votação propriamente dita dentro da comissão", disse.

A deputada também falou sobre o desejo de se colocar como pré-candidata à prefeitura de Salvador, mas considera que a discussão ainda é precoce.

"Se alguém me colocar essa proposta, meus olhos vão brilhar. É claro que tenho ligação profunda com Salvador e tenho a confiança do povo dessa cidade. Ficaria muito feliz com essa possibilidade. É claro que me anima", declarou. "Ninguém ganha eleição sozinha, precisa articular forças", completou.  

Notícias relacionadas