Política

Mulheres são menos de um terço nas cúpulas dos partidos

Partido com a cúpula mais masculina é o PSD, do ex-ministro Gilberto Kassab

[Mulheres são menos de um terço nas cúpulas dos partidos]
Foto : Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 21 de Junho de 2019 ⋅ 10:40

As medidas da Justiça Eleitoral para ampliar a participação feminina na política não mexeu na predominância de homens nas direções nacionais das legendas, de acordo com levantamento divulgado pelo Estado hoje (21). 

Em 19 das 30 siglas que elegeram deputados federais no ano passado, as mulheres representam menos de um terço da composição da executiva nacional.

O levantamento foi feito com base em documentos declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nos dados disponíveis nos sites dos partidos.

A maior representação feminina nas direções nacionais fica com o PT, com 13 mulheres entre 28 integrantes (46%). Em segundo, aparece o PSOL, com 8 de 19 nomes (42%). 

Por outro lado, o partido com a cúpula mais masculina é o PSD, do ex-ministro Gilberto Kassab. São apenas duas mulheres em um total de 34 dirigentes (6%). 

O DEM, que preside o Senado e a Câmara dos Deputados, é o segundo mais masculino. São três mulheres em um total de 38 integrantes (8%). Já O MDB, do ex-presidente Michel Temer, tem duas mulheres entre os seus 21 dirigentes nacionais (11%).

Notícias relacionadas

[Bolsonaro nomeia novo chefe da EBC]
Política

Bolsonaro nomeia novo chefe da EBC

Por Lara Curcino no dia 30 de Setembro de 2020 ⋅ 12:40 em Política

Ex-diretor da SBT, publicitário Glen Lopes assume o posto ocupado por general Luiz Carlos Pereira Gomes