Política

Projeto cria fundo para recuperar e preservar patrimônio histórico

Ele tramita em caráter conclusivo

[Projeto cria fundo para recuperar e preservar patrimônio histórico]
Foto : Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Por Adelia Felix no dia 25 de Junho de 2019 ⋅ 19:30

O Projeto de Lei 1893/19 que cria o Fundo Especial do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Funphan) para a execução de ações de recuperação e preservação do acervo patrimonial tombado pela União e pelos estados, será analisado pelas comissões de Cultura; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. As informações são da Agência Câmara. Ele tramita em caráter conclusivo.

Pela proposta, os recursos do fundo serão destinados preferencialmente para os municípios que possuam no respectivo território bens patrimoniais declarados como “patrimônio mundial” pela Organização das Nações Unidas para a Educação e Cultura (Unesco).

De acordo com o texto, o fundo terá como fontes de recursos o Orçamento da União; 1% da renda líquida de concursos promovidos pela Caixa Econômica Federal; doações e recursos de fundos patrimoniais, entre outras fontes.

“A preservação desse rico patrimônio, acumulado ao longo do tempo, em muitos casos com o imenso sacrifício de abnegados, demanda fluxo constante e significativo de recursos públicos, sob pena de ocorrer a inevitável e irrecuperável degradação dos bens”, explicou o autor do texto, deputado Renildo Calheiros (PCdoB-AL).

Ainda segundo a agência, o projeto estabelece que os recursos do Funphan serão aplicados exclusivamente em projetos e atividades de recuperação e preservação do patrimônio histórico, artístico e arquitetônico nacional. O texto permite que a aplicação dos recursos do fundo seja feita por meio de convênios e outros instrumentos de cooperação firmados pela União com estados e municípios que tenham acervo tombado.

 

Notícias relacionadas