Política

Cúpula do PSL já projeta cenário sem Bolsonaro e avalia unir-se a outros partidos

Segundo a coluna Painel, da Folha, uma junta de advogados trabalha em um plano para proteger parlamentares que queiram deixar a legenda

[Cúpula do PSL já projeta cenário sem Bolsonaro e avalia unir-se a outros partidos]
Foto : Divulgação

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Outubro de 2019 ⋅ 10:20

A cúpula do PSL traça cenários para sobreviver sem Jair Bolsonaro, diante da movimentação do presidente para se distanciar do partido.

Segundo a coluna Painel, da Folha, caso o chefe do Executivo incentive uma debandada de parlamentares, dirigentes da legenda, como Luciano Bivar (PSL-PE), não descartam a possibilidade de se unir a outras agremiações.

O incômodo de Bolsonaro com o PSL aumentou após a revelação de que, durante a apuração sobre o laranjal na seção mineira da sigla, a PF encontrou menções à campanha dele. “Nunca é registrado como ‘o partido do Bivar’. É sempre como ‘o partido de Bolsonaro’”, diz uma conselheira do presidente.

Ainda segundo a coluna, uma junta de advogados trabalha em um plano para proteger parlamentares que queiram deixar o PSL junto com Bolsonaro. O ex-ministro do TSE Admar Gonzaga integra esse grupo.

Notícias relacionadas