Política

Em resposta a Bolsonaro, PSL pede auditoria em contas presidenciais

Integrante do PSL chegou a dizer que foi iniciado um processo que deixará "as vísceras do partido expostas"

[Em resposta a Bolsonaro, PSL pede auditoria em contas presidenciais]
Foto : Divulgação/ PSL

Por Juliana Almirante no dia 12 de Outubro de 2019 ⋅ 08:30

Logo depois de o presidente da República, Jair Bolsonaro, e 21 parlamentares do PSL terem pedido a legenda acesso às contas do partido para auditoria, o comando da sigla decidiu contra-atacar, de acordo com o blog de Gerson Camarotti, do G1.

As lideranças do partido vão pedir auditoria nas contas da campanha presidencial do ano passado.

Um integrante do PSL chegou a dizer que foi iniciado um processo que deixará "as vísceras do partido expostas".

A sigla foi comandada por Gustavo Bebianno na campanha presidencial. Ele foi ministro da Secretaria-Geral, mas acaboui demitido por Bolsonaro por ter se envolvido em uma polêmica com o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente da República.

Hoje o PSL é presidido por Luciano Bivar, que nesta semana trocou declarações públicas cpm Bolsonaro, expondo ma crise no partido. O presidente disse que o presidente do PSL está "queimado para caramba". Já Bivar declarou que Bolsonaro "já está afastado" do partido.

Notícias relacionadas