Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Justiça expede novo mandado de prisão contra Garotinho e Rosinha

Casal havia sido preso em setembro, por suspeita de participação em um esquema de superfaturamento em contratos

[Justiça expede novo mandado de prisão contra Garotinho e Rosinha]
Foto : Reprodução/ Redes sociais

Por Juliana Almirante no dia 29 de Outubro de 2019 ⋅ 17:40

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro expediu hoje (29) um alvará de prisão preventiva para os ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Matheus.

O casal havia sido preso em setembro, por suspeita de participação em um esquema de superfaturamento em contratos celebrados entre a construtora Odebrecht e a prefeitura de Campos.  

A decisão foi após pedido do Ministério Público, que justificou que haveria risco de alguma interferência de ambos nas investigações.

Conforme as delações prestadas à Força-tarefa da Lava Jato, o prejuízo aos cofres públicos causado pelo esquema, que teria contado com a participação do casal, pode chegar a R$ 60 milhões.

Da última vez que foram encarcerados, eles foram liberados no dia seguinte, após habeas corpus emitido no plantão judiciário. Foi a quarta vez que o ex-governador foi preso e a segunda de Rosinha.

Notícias relacionadas