Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Witzel nega ter vazado informações e diz que não tem 'bandido de estimação'

Governador rebateu acusações feitas pelo presidente Jair Bolsonaro

[Witzel nega ter vazado informações e diz que não tem 'bandido de estimação']
Foto : Fernando Frazão/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 01 de Novembro de 2019 ⋅ 17:20

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), rebateu hoje (1) as acusações feitas novamente ontem (31) pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Witzel negou a alegação do mandatário de que ele vazou informações sobre a investigação da morte de Marielle Franco para tentar prejudicar o Bolsonaro, e afirmou que "não tem bandido de estimação".

“Seja ele de farda, de distintivo, político, filho de poderoso. Não tenho compromisso com a bandidagem. Assumi o Estado sem qualquer compromisso com traficante, com miliciano. Todos aqueles que se colocarem na reta da Justiça serão presos, serão investigados”, declarou Witzel.

Notícias relacionadas