Política

‘Soltura de Lula mostra insegurança jurídica que o Brasil vive’, avalia Otto Alencar

Nesta tarde, o juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou o pedido da defesa do petista e o autorizou a deixar a prisão

[‘Soltura de Lula mostra insegurança jurídica que o Brasil vive’, avalia Otto Alencar]
Foto : Roque de Sá/Agência Senado

Por Adelia Felix no dia 08 de Novembro de 2019 ⋅ 18:52

Senador pelo PSD baiano, Otto Alencar comemorou a soltura do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, nesta sexta sexta-feira (8). “Mostra a insegurança jurídica que o Brasil vive até nas cortes superiores. A manifestação clara da interferência política nas decisões do procurador da República, Deltan Dallagnol e do ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, levaram a uma sentença frágil que ontem foi reformada por uma decisão dividida do Supremo Tribunal Federal”, afirmou o senador. 

Otto ainda acrescentou que Lula foi um presidente que governou sem ser excludente e não fez acepção das pessoas que pensavam diferente dele. “Que prevaleça a letra da lei constitucional, a liberdade, a democracia e se restabeleça a confiança na justiça do Brasil”.

Nesta tarde, o juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou o pedido da defesa do petista e o autorizou a deixar a prisão. O pedido de soltura foi feito depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a prisão após condenação em segunda instância.

Notícias relacionadas